Importantes nomes da economia latino-americana se reuniram para debater os rumos da economia em evento promovido pela Credit Suisse Group – banco suíço de investimentos.

Para trocar informações e expor tendências econômicas para 2019, líderes de diversos setores se encontraram nos dias 29 e 30 de janeiro para a Latin America Investment Conference. Os principais desafios da economia sul-americana foram debatidos em palestras e painéis que apresentaram, também, iniciativas da América Latina, América do Norte e Europa.

No caso da saúde, o presidente da Dasa, Pedro de Godoy Bueno, foi um dos responsáveis por apontar os caminhos para o desenvolvimento do setor.

 

Confira os principais temas debatidos no painel ‘Healthcare – challenges across the chain’

Ao lado do CEO da NotreDame Intermédica, Irlau Machado Filho, e do CEO da Hypera Phama, Breno Oliveira, Pedro de Godoy Bueno apontou entraves e indicou caminhos para transformar a saúde. O principal desafio, segundo o executivo, é a aproximação dos grandes players para fornecer soluções mais completas, acessíveis e preventivas ao paciente. O caminho para tornar isso realidade tende a ser a gestão inteligente de dados, para fornecer opções de tratamento e de atividades que previnam o surgimento de patologias.

 

“Precisamos migrar da atuação com foco na doença para uma atuação com foco na saúde”.

Pedro de Godoy Bueno, presidente da Dasa.

Credit Suisse - Latin America Investment Conference

Integração dos players de saúde: como tornar os serviços mais completos para o paciente

A Dasa passou por uma grande mudança no último ano. A empesa, antes focada em diagnóstico, passou a atuar com o olhar na saúde como um todo, explicou Pedro. Esse movimento corrobora com a intenção de aproximar os grandes players para uma atuação mais integrada e com maior foco no paciente.

“Precisamos de confiança e coragem para transformar a realidade da saúde. Os prestadores de serviços precisam se unir para mudar a situação atual. Precisamos de mais ações em conjunto para atuar de forma preventiva. Aí sim teremos o foco no paciente e na saúde, e não apenas na doença”.

Pedro de Godoy Bueno

 

Os caminhos da Dasa para inovar a prestação de serviços de saúde

Fruto de investimento no corpo clínico e em infraestrutura, a Dasa, nos últimos 3 anos, elevou a qualidade dos serviços e a satisfação dos clientes e médicos prescritores. É o que indicam as pesquisas Net Promoter Score (NPS), que avaliam níveis de satisfação e fidelização. O ano de 2018 foi marcado por uma nova etapa: a transformação digital.

 

A Dasa intensificou as iniciativas voltadas à inteligência artificial, em parceria com a Harvard Medical School, em telepatologia, com o apoio da tecnologia da Philips e a reestruturou o parque tecnológico para automação de análises clínicas, projeto desenvolvido junto a Roche. Além da criação do Prêmio Abril & Dasa de inovação médica para fomentar pesquisas científicas inovadoras.

 

Com o pensamento em toda a jornada do paciente, a Dasa evolui alinhada à vanguarda do healthcare internacional e desponta como protagonista da revolução tecnológica que a medicina está vivendo.

Tags
  • Credit Suisse
  • pedro de godoy bueno
  • jornada do paciente